Marqueteiro “infalível” diz que agora domina as Secretarias de comunicação do município e Estado

Conhecido no Amazonas por se autodeclarar o “infalível”, o falso profeta eleitoral e marqueteiro fajuta, porém boçal, Durango Martins Duarte; aquele que trabalhando para o pior prefeito de Manaus, Alfredo Nascimento, iludiu por meio de suas pesquisas indutivas que levaram Alfredo a vitória em 2000. Depois veio sua sucessão de atuações como marqueteiro disfarçado de pesquisador de opinião, onde tem atuado e levado a derrota alguns políticos tradicionais como Eduardo Braga, Omar Aziz e por último Ricardo Nicolau.

Em 2014 o Deputado Federal Silas Câmara (PSC), que apoiava a candidatura à reeleição do então Governador José Melo, registrou, denúncia-crime na Polícia Federal e no Tribunal Regional Eleitoral contra o publicitário Durango Duarte, proprietário da empresa Perspectiva, que divulgou nas redes sociais um banner fraudulento apontando rompimento de Silas com a coligação Fazendo Mais Por Nossa Gente, de Melo e Omar Aziz.

Na ocasião, em entrevista à Rede Tiradentes, o Deputado se disse surpreso ao receber, via aplicativo WhatsApp, falsa informação sobre seu rompimento com José Melo e Omar, de quem era aliado. “Isso é o cúmulo da baixaria e da mentira. Já não chegavam as pesquisas eleitorais fraudadas e hoje surge essa aberração. Por isso, fiz denúncia-crime à Polícia Federal e ao TRE-AM”, disse o deputado à RT.

De acordo com o parlamentar, o crime perpetrado por Durango poderia até levar à anulação das eleições daquele ano no Amazonas. “Esse crime pode, sim, levar a Justiça Eleitoral a anular o pleito, acho que a população do Amazonas precisa dar uma resposta contra essas pessoas que querem o poder de qualquer maneira”, completa Silas, vítima de mais uma fraude de Durango Duarte.

A coligação de José Melo formulou na Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) um pedido de instauração de inquérito policial, para apurar as possíveis manipulações feitas pelo publicitário Durango Duarte, nas pesquisas de intenções de voto para o governo do Estado do Amazonas.

As pesquisas eleitorais possuem regulamentação própria e são registradas e auditadas pelos tribunais regionais, exatamente para evitar que as amostras do momento possam servir de elemento indutor para os menos esclarecidos. Por incrível que pareça, ainda há muito eleitor que “não quer perder seu voto” e opta pelo candidato apontado pelas pesquisas como vencedor. Pesquisa é uma ferramenta moderna de informação, e não pode ser utilizada comercialmente como instrumento de propaganda em favor do candidato que contrata o instituto.

O publicitário Durango Duarte vem atuando no ramo há muitos anos e se notabilizou quando “acertou” o resultado das eleições municipais que elegeu Alfredo Nascimento como prefeito, derrotando Serafim Corrêa, com uma diferença de apenas meio por cento.

A partir daí, tornou-se marketeiro de sí mesmo e propaga sua capacidade aos quatros ventos. O mais grave é que conseguiu aqui do amazonas (onde até boi voa), espaço para suas incursões comerciais duvidosas, intimidações, e amealhar fortuna pessoal. Todo governante, em inicio de mandato, o tem como guru, depois vêm os conflitos e o rompimento; o ex-governador Omar Aziz e Amazonino Mendes que o digam.

Nesta eleição, Durando Duarte se superou em todos os sentidos. virou cabo eleitoral de segunda categoria, whatsapp com videos injuriosos, difamatórios e caluniosos aos adversários políticos do seu atual patrão, atingindo a honra e família dos ex-amigos, como é o caso de Amazonino.  Pena que a sociedade tenha memória curta.

Durango se acha o profeta infalível. Já teve desavenças com Ronaldo Tiradentes para quem perdeu uma aposta sobre resultado de pesquisa eleitoral, foi envergonhado publicamente e ainda assim, não desceu do seu pedestal de boçalidade.

Durante a gestão fraudulenta e corrupta de Arthur Neto, Durango esteve agarrado aos cofres da SEMCOM e agora, encontrando em David Almeida um e Wilson Lima, dois seres “inocentes” do tipo “sabe de nada”, Durango cola nos dois secretários de comunicação destes para manter sua tromba de carapanã em plena atividade, sugando o dinheiro público de governos que igualmente a ele, mentem sorrindo para um povo que acredita chorando.

Faltando sete meses para as eleições municipais, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Comunicação (SEMCOM), efetivou contrato para serviço de comunicação digital no valor global de R$ 19 milhões com a empresa Agência de Interatividade e Marketing Ltda., do empresário Durango Duarte.

De acordo com as informações da publicação, o contrato teria vigência de 12 meses, a contar de 2 de março de 2020 a 1° de março de 2021, e o valor mensal está estimado em R$ 1,5 milhão. O despacho de homologação do contrato foi assinado pela secretária de comunicação Kellen Cristina Veras Felisardo Lopes, ou seja; vigente na gestão de David Almeida e Emerson Quaresma. Queremos ver a seriedade do governo David Almeida. Se vai manter mais esta sujeira do Arthur.

Chega de profeta da falácia, das falsas e manipuladas pesquisas, que diz publicamente que trabalha para quem o paga. Lembrando que os famigerados gestores pagam com dinheiro do povo a este e a tantos outros seres trevosos e corruptos de primeira. Discípulo da Doutrina Goebles. Este é o “profeta mentiroso” Durango Duarte.

Outras mídias.

Silvio Rodrigues - Jornalista

Jornalista profissional com mestrado em Geografia Especialista em editorias: ambiental, politica, investigativo e sociedade.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: