Itacoatiara promete renascer das cinzas com a gestão de Mário Abrahim.

Distante 269 km de Manaus, Itacoatiara é um dos polos do estado mais visitados seja no turismo ou em negócios. Possui, o maior porto do interior do Amazonas, a Instalação Portuária Pública de Pequeno Porte (IP4) Engenheiro Antonio Nelson de Oliveira Neto. A IP4 de Itacoatiara tem capacidade para atracação de navios até 35 mil toneladas, conta com uma ponte de acesso ao cais flutuante de 90 metros, uma rampa de concreto armado com 128 metros de comprimento para atracação simultânea de duas balsas de médio a grande porte, além de um pátio de cargas de 13.950 m² para 5 mil contêineres e amplo estacionamento para veículos, caminhões, carretas e bitrens.

O porto de Itacoatiara pode ser uma alternativa para diminuir os custos com transportes dos produtos fabricados no Polo Industrial de Manaus, mas para isso será necessária a duplicação da AM-010, que liga a capital à cidade de Itacoatiara.

Itacoatiara como um dos sete municípios do Amazonas com maior potencial na área de turismo rural. A cidade que abriga muitos atrativos turísticos em sua sede, também expõe outros potenciais dentro de sua extensão municipal. Itacoatiara tem o terceiro maior PIB do Estado do Amazonas, superado apenas pelo de Manaus e de Coari.
O município é muito conhecido internacionalmente pela promoção do Festival da Canção de Itacoatiara – FECANI. Sendo o maior festival de música da região Norte do Brasil e é realizado anualmente no mês de setembro.

Educação

Itacoatiara também conta com três universidades, sendo duas federais e uma estadual: Universidade Federal do Amazonas – UFAM, Universidade do Estado do Amazonas – UEA e o Instituto Federal do Amazonas – IFAM, além de duas faculdades particulares. Conta ainda com o sistema educacional do Serviço Social da Indústria – SESI e Serviço Social do Comercio – SESC. Conta ainda com uma agência do SEBRAE

Renascendo das cinzas

Apesar de todo o potencial de desenvolvimento econômico e sendo o terceiro PIB do Estado do Amazonas, Itacoatiara sofreu por muitos anos em mãos de gestores descompromissados com o município e com sua população. As coisas não foram piores por conta de valorosos investidores que não permitiram o declínio do município que já teve em seus melhores tempos, a grandeza do polo madeireiro e o ecoturismo incentivado, mas que, infelizmente padeceu em gestões estaduais e municipais desastrosas e que deixaram perecer muito do que se conquistou ao longo do tempo.

Falando em tempo, os bons tempos tendem a se repetir e fazer novos tempos para Itacoatiara que na ultima eleição municipal decidiu dizer não aos políticos profissionais que mantinha a cidade como curral eleitoral e utilizavam o cargo de Prefeito ou mesmo de deputado estadual em favor e proveito próprios, sem levar em conta o município e as pessoas que nele e por ele vivem; seus filhos amados e que também ama sua Velha Serpa.

Um novo tempo para Itacoatiara

Nascer para um novo tempo ou renascer das cinzas definem bem a eleição e os planos de trabalho de Mario Jorge Bouez Abrahim, ou simplesmente Mario Abrahim, Prefeito do município de Itacoatiara que venceu as velhas raposas que tentavam se manter no poder pelo poder e outros que são insaciáveis e tentavam voltar ou trocar de cargo politico a fim de se locupletar da coisa pública, uma vez que estes não fizeram pelo município o que o povo esperou deles.

Mário Abrahim derrotou político experiente com o deputado estadual Cabo Maciel, o atual prefeito e o ex-prefeito Mamud Amed, que tentava voltar para a prefeitura, por onde já passou cinco vezes, e agora buscava o sexto mandato.

O Consultor de Tecnologias Educacionais, Tecnólogo em Ciência da Computação Christian Menezes comentou sobre a nova gestão do município. “Sou filho de Itacoatiara, vivi e vivo a história dessa cidade maravilhosa. Aqui nasci, cresci, estudei, me formei, trabalhei e trabalho, constituí família e tenho muito zelo por minha cidade. Vi tempos bons de nossa cidade; de quando tínhamos indústria, comércio, serviços e turismo pujantes, mas vivi para ver isso definhar nas mãos de políticos irresponsáveis que levaram nossa Velha Serpa ao triste momento de perdas de capacidade econômica e social. Agora com a gestão de alguém que afirmo ser sério e competente, tenho a certeza da retomada do bom desenvolvimento e do renascimento de uma cidade feliz”. Declarou Menezes.

Itacoatiara, assim como outros municípios do Estado do Amazonas, certamente é uma cidade de grande importância para que o Amazonas saia da dependência de um Polo Industrial cansado e ofegante, que já não gera empregos, já não contribui para o desenvolvimento social e como já dissemos em matérias anteriores; necessitamos com urgência de investimentos nos municípios amazonenses para que voltemos a crescer e sair da condição de Estado economicamente pobre, detentor de tantas riquezas. Economia verde é a saída.

Nossa equipe deseja bênçãos, direção e boa gestão ao Prefeito Mário Abrahim .

Silvio Rodrigues - Jornalista

Jornalista profissional com mestrado em Geografia Especialista em editorias: ambiental, politica, investigativo e sociedade.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: