A Direita e Bolsonaristas em Manaus não votam no Coronel e nem no Capitão

Texto enviado a equipe do Portal Supremo. Artigo de opinião.

A direita e os bolsonaristas em Manaus não votam no Coronel e nem no Capitão porque eles não representam os valores que elegeram Jair Messias Bolsonaro Presidente do Brasil em 2018.

Coronel Menezes ( Patriotas) e Capitão Alberto Neto ( Republicanos), ambos candidatos ao cargo de Prefeito de Manaus na eleição municipal de 2020, são dois surfistas que querem ganhar capital político nas costas do Presidente da República, assim como outros tantos políticos locais e nacionais que se elegeram na onda Bolsonaro na última eleição de 2018.

A direita em Manaus e os milhares de eleitores do Presidente Bolsonaro que estavam nas ruas brigando pelo o então Deputado Federal Jair Bolsonaro desde 2015 até sua vitória na eleição presidencial em 2018 nunca ouviram falar do tal Coronel Menezes, o suposto amigão do Presidente há mais de 40 anos, e que somente apareceu na cena política no 2° Turno de 2018 após o Bolsonaro levar a facada do militante da extrema esquerda Adélio Bispo. Menezes nunca foi visto em mobilizações de rua, em adesivaços, em carreatas e atos públicos em defesa do Governo do Presidente Bolsonaro, seja agora como também na época em que o Presidente era um simples Deputado Federal, desconhecido da maioria do povo brasileiro.

O Capitão Alberto Neto que passou de um oficial apagado e sem relevância na corporação da Polícia Militar no Amazonas porque vivia mais nas redes sociais do que defendendo a sociedade e atuando na segurança pública do nada se lançou a Deputado Federal surfando na onda Bolsonaro e para desgosto da direita amazonense foi um dos políticos mais votados no Amazonas, mas ficou só nisso. Alberto Neto nunca foi de Direita, e ao chegar na Câmara Federal tornou-se mais um parlamentar envolvido no sistema e na velha política. Hoje é um parlamentar desconhecido e irrelevante para os direitistas de Manaus, mas infelizmente ainda figura temporariamente como Vice Líder do Presidente do Brasil na Câmara Federal, mas sem qualquer influência ou poder de decisão política na defesa do Brasil e do Amazonas.

A única diferença que há entre o Coronel e o Capitão é a patente, porquanto, ambos, são idênticos e patéticos no mesmo discurso, tentam enganar o povo de Manaus, induzindo-os ao erro, se autodenominando aliados do Presidente Bolsonaro. Tais condições circunstanciais são irrelevantes para os eleitores bolsonaristas que sabem discernir uma coisa da outra e que não se deixam enganar com as falácias dos referidos candidatos.

Coronel Menezes precisa saber que não basta ser amigo do Presidente há 40 anos para ser reconhecido como referência da Direita, e o Capitão Alberto Neto precisa saber que não basta estar Vice Lider no Governo Federal para ser reconhecido como referência da Direta. Estes dois candidatos à Prefeito não são referência da Direita e nem dos Bolsonaristas em Manaus e o Presidente Bolsonaro precisa saber a verdade acerca destes oportunistas de ocasião.

Coronel Menezes e Capitão Alberto Neto tem protagonizado nestes últimos dias o maior vexame da histórica política do Amazonas. Se digladiam nas redes sociais, na Justiça e em Programas Políticos para ver quem é mais aliado do Presidente Bolsonaro buscando atrair os votos dos bolsonaristas de Manaus.

A direita em Manaus não se deixa enganar com as duas figuras caricatas que se apresentam aleatoriamente como se fossem referência da Direita Bolsonarista.

O Presidente Jair Bolsonaro precisa saber que Coronel Menezes ( Patriotas) e Capitão Alberto Neto ( Republicanos), candidatos à Prefeitura não representam a Direita na cidade de Manaus e não tem força política agregadora necessária para atrair o fenômeno nas urnas ocorridos em 2018.

Jair Bolsonaro ao buscar agradar o suposto amigão Coronel Menezes e fazer um aceno ao seu Vice Líder Capitão Alberto Neto tentando criar um ambiente de coesão direitista esta trilhando um caminho de vexame nas eleições municipais em Manaus. A esquerda está adorando estes dois patetas que se dizem de direita implorando o voto dos bolsonaristas e brigando para ver quem é mais Bolsonaro.
A Direita e os Bolsonaristas de Manaus não votam no Coronel e nem no Capitão, cuidado Bolsonaro!!

Um comentário em “A Direita e Bolsonaristas em Manaus não votam no Coronel e nem no Capitão

  • 25/10/2020 em 23:47
    Permalink

    Acho que a reportagem eh tendenciosa. Realmente eles dividiram e não estão sabendo se unirem. Só o apoio do JB não vai mudar o quadro.
    Mas a reportagem denigre ambos os cidadãos, comentado inclusive sobre suas vidas pregressa.
    O que faz medo é trazer uma raposa velha ao poder.
    Manaus está entre o progresso e regressão… partidos envolvidos na lavajato e candidatos medíocres para não dizer outra coisa.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: